InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe|

Saint Demon

avatar
TeseuAnjo Lunar
Ver perfil do usuário http://cdznewomega.forumeiros.com
MensagemAssunto: Saint Demon Qua Jan 29, 2014 2:09 pm

Poucos humanos sabem a maior verdade do mundo. A Igreja existe para esconder essa verdade de todos, e o que poucos sabem sobre a igreja ? Existe uma grande pirâmide na igreja e o Padre não é o único à pregar pelos fieis. No meio dessa pirâmide existe um homem chamado John que nos protege de criaturas muito mais perigosas do que se pode imaginar.

Capítulo 1: Uma noite no Museu

John: - E depois que eu me aposentar vou usar um feitiço de rejuvenescimento só pra pegar as menininha. E ai você vai ta aqui fazendo meu trabalho sujo, não acha bom ?

Garoto Desconhecido: - Pegar as menininha ? Já passou sua idade vá jogar Pôker e alimentar os pombos na praça da esq... - O garoto era interrompido -

Um homem de sobretudo preto e com um tom de autoridade chegava ao local da conversa e intimava John. - Que desfazia seu bom humor ficando sério - John desviava seu olhar para uma janela atrás dele e fazia uma pergunta ao homem.

John: - Quando se dirige a mim por alguma razão sei que não é coisa boa, apesar de estarmos em uma igreja você só me traz coisa ruim, Heitor. (O nome do homem de sobretudo)

Heitor: - Isso não é verdade, você me deve bastante pelo que fiz por você até hoje. Mas já que tocou no assunto temos um caso para você e precisamos que vá checar antes para saber se é do seu departamento ou do nosso.

John permanecia em silêncio enquanto Heitor se retirava.

John se arrumava e partia para o caso em seu carro, uma BMW de luxo financiada pela igreja. O caminho era longo e ele foi estudando o caso que era descrito no jornal da seguinte forma: "Uma classe inteira de jovens foi assassinada enquanto acampavam em um museu da cidade de Nova York. Foi encontrada fumaça saindo de seus corpos, como se tivessem sido queimados por dentro e o legista ainda não sabe se foi morte por queimaduras ou se os arranhões encontrados em suas pernas tem algo relacionado. A polícia continua investigando o caso junto do FBI e do Centro de Pesquisa Florence da cidade."

John: - Tenho a opção de ir como FBI ou Centro de Pesquisa Florence. A segunda opção é bem mais exótica.

Depois de algumas horas de viagem ele finalmente chegou ao local onde havia apenas algumas viaturas da polícia, se identificando com o seu próprio nome e um crachá do Centro de Pesquisa Florence que ele havia ganhado da igreja local, John adentra ao local que além de cheirar mal estava bagunçado impedindo-o de chegar muito mais longe para prosseguir a investigação. O pouco que dava pra andar ele notava que havia mais coisas que os policiais não notavam como uma corrente de força que provocava mudanças drásticas na 2º Dimensão do local. Ele saia do local para manter o disfarce e ficava atento ao rostos dos policias.

Depois de verificar o museu John segue para o distrito policial aonde se identifica como um agente do FBI para ter acesso a mais informações sigilosas da polícia. Primeiro se dirige até a sala do Legista que estava vazia, devagar ele fecha a porta para que não seja notado e tira do bolso da blusa um saco de feitiços para ver os danos internos e externos além da primeira dimensão.

John: - Não estranho estarem saindo fumaça e com arranhões nas pernas, esses garotos foram triturados por algo enorme e queimados por outra coisa maior ainda. Como dizia um amigo meu "não existe natural nesse mundo". Terei de voltar ao museu para verificar o que pode ter causado todo esse estrago.

Com cuidado observando todos os lados para verificar se não seria visto, John se retira da sala do legista e se dirige ao seu carro no estacionamento onde faz uma ligação.

John: - Samuel [o garoto que conversava com ele no começo] me passa a lista de todas as mortes em museus urgente!

Samuel: - Ok, escuta só. Existiu outras duas mortes nos últimos 500 anos, as duas foram no mesmo ano à exatamente 500 anos atrás!

John: - Como você sabe disso sem nem ao menos ter procurado algo ? Prevê o futuro agora, ou o passado ?

Samuel: - Apenas sou fascinado por museus. Tenho que ir, bom trabalho!

Ao desligar o telefone John se dirigia ao museu novamente para investigar com maiores detalhes o que ocorreu lá, ao chegar e adentrar o museu uma surpresa para ele era que tudo estava bem arrumado e apenas duas faxineiras estavam arrumando o local, o que era impossível para apenas duas pessoas terem limpado sozinhas sem ajuda.

John: - Hey moças como limparam iss... Que droga

John conseguia enxergar através da segunda dimensão que elas não eram o que pareciam, não mais. Ele sacava sua arma que foi feita especialmente para ele com simbolos sagrados desenhados com prata. Atirava nas duas para desmaiar elas e ter o tempo de montar um crucifixo de madeira banhado com a água sagrada feita em Jerusalém por sacerdotes próximos a Jesus. Todas as peças se encontravam em seu carro onde ele guardava quase tudo que era útil, até mesmo um crucifixo de 1 metro para pregar ao pescoço de qualquer sobrenatural como uma coleira. 30 minutos depois as duas acordam imobilizadas e com o soro da verdade para monstros [O nosso crucifixo especial de John].

John: - Escutem a minha regra, se não lutarem contra a verdade eu purificarei vocês e poderão ir para o seu lar sofrer novamente mais alguns 1.000 ou 10.000 anos no calendário cristão porque vocês sabem que lá é algo entre 1 milhão de anos. Mas se lutarem eu prenderei vocês em uma igreja para ficar assistindo as sessões diariamente ouvindo a oração de pessoas justas, pessoas que vocês não gostam pelo que sei e nem de oração também é claro. Mas agora ao que interessa, me falem o que ta rolando por aqui nesse museu agora!

Uma das duas diz: - Você não pode escutar porque ainda não consegue atingir o Limbo completamente mas eu te digo que essa música que ecoa do coração humano é tão divertido, pessoas boas são nossas preferidas pois sofrem por dentro acreditando que seu Deus irá vir salvá-las quando estão mais próximas do perigo do que imaginam. Quando nós conseguimos extraviar algumas dessas almas depois de mortas, nós comemos seus pedaços um por um de pouco em pouco para sentirem dor, medo e para ver se sua fé acaba porque o som mais bonito é quando a fé acaba como a sua John que já se esgotou... Mas para o que quer saber eu digo, é um feitiço para libertar novamente os nossos amigos lobisomens, vampiros, entre outros que você conhece bem não é mesmo John. O feitiço possui duas partes que só podem ser feitas de 500 em 500 anos e agora mesmo você está se divertindo com a pessoa errada pois as estátuas e ossos atrás de tu estão começando a se animar graças à remoção de placa feita desse museu que foi feita com sucesso, agora ficamos a uma placa de mostrar a todos os humanos quais são suas raízes e mostrar o terror do Limbo a todos os humanos inclusive você John.

Atrás de John todas as estátuas e ossos se mexiam em direção a eles, pareciam bichos famintos que dormiram durante séculos e agora querem se alimentar. A única coisa que John  pensou em fazer foi sair dali e foi exatamente o que ele fez. Sem exitar John saiu do museu, entrando no seu carro ele corria do que vinha atrás. Destruindo a cidade os ossos de Dinossauros começam a ganhar forma de um Dinossauro de verdade 100 vezes maior do que os seus próprios ossos. John acelerava mas seu carro não poderia ir mais rápido e desse jeito ele acabaria sendo pego por um desses gigantes.

Um minuto depois John acorda em uma cama que aparentava ser a Igreja, Heitor e Samuel estavam sentados do lado.

Heitor: - Parece que mais uma vez você fica me devendo uma por ter salvado sua vida. E então, Dinossauros é ? Como foi ver eles depois de tanto tempo ?

John: - São só Dinossauros por enquanto, depois serão Lobisomens, vampiros. Depois dos Dinossauros virão coisas muito mais inteligentes do que gigantes comedores de gente! Samuel rápido pesquise por placas existentes nos mesmos locais das mortes anteriores, rápido!

Samuel: - Não preciso pesquisar para saber que as únicas placas de museu são as Placas de Jerusalém. Algumas lendas dizem que se você juntar elas, terá acesso ilimitado como administrador do servidor Limbo, de todas as dimensões pra ser mais exato. Agora na sua língua isso significa que se não proteger e destruir essa placa ou dar ela pra igreja, nós todos presenciaremos o Limbo de perto.

Heitor: - Essa última placa está em museu aqui perto, se formos rápidos conseguimos recuperá-lo e ainda prender os Dinossauros. Vamos eu e você John, você não tem escolha, roubaremos um museu quando o dia amanhecer.

Sem a opção de escolha a única coisa que John poderia fazer seria esperar o amanhecer. Triste ele passa a madrugada toda olhando para a janela de seu quarto, a lua era viciante ao seu olhar e fazia lembrar sua amada. Distraído ele não percebe Samuel chegando até que o mesmo chama sua atenção e lhe entrega um livro já aberto que falava sobre as Placas de Jerusalém.

"Formadas a dois mil anos atrás essas placas contêm todo o poder do Limbo na mão dos usúarios que tiverem ela. Cada placa significa um sacrífico que precisa ser feito para a conclusão de seu estágio. Cada uma delas possui sua própria utilidade e se juntas podem lhe dar o poder de todo o Limbo!

A Placa do Medo - Essa Placa causa pânico profundo para um humano despreparado e as consequências são devastadoras. Se usada de maneira correta ela poderá até mesmo lhe transformar em um Governante máximo na Terra causando pânico total em seus inimigos.

Placa da Morte - Essa é uma Placa especial que não deve ser usada nunca, se usada ela poderá possuir o seu usuário e matar a todos na Terra em menos de um minuto. O único jeito de destruí-la é espalhando seus pedaços em continentes diferentes.

Placa da Vida - Ao contrário da Placa da Morte, essa placa devolve a vida ou pode dar vida eterna a alguém sem a necessidade de feitiço e essa placa não pode ser destruída de forma alguma diferente da Placa da Morte

Placa do Universo - Essa Placa tem o poder de destruir ou copiar todo universo em menos de 1 segundo. Ele não pode ser destruído mas possui um jeito de lacrar ele com um Selo Grego.

A pessoa que tiver as 4 placas poderá libertar todo o Limbo e trazê-los para a primeira dimensão sem nenhuma dificuldade. "


Samuel: - Você irá pegar a do Universo nesse museu, não se deixe possuir por ela o livro não diz isso mas se for possuído pela placa você não poderá voltar do Limbo a não ser que alguém te liberte, apenas seu corpo ficará nessa dimensão, tome cuidado!

John: - Me animou até demais essa história. Vamos só nos concentrar em se concentrar para o dia de amanhã, não será tão fácil quanto pensamos. Nunca é...


Na manhã Seguinte


John e Heitor já estavam dentro do Museu e se identificavam como seguranças, Heitor faz sinal para John de que a Placa se encontra algumas salas mais pra frente no Museu, mas antes mesmo de darem um passo eles são surpreendidos e nocauteados. Quando acordaram estavam amarrados e um homem de terno na frente deles segurava três Placas sendo que havia uma flutuando atrás dele preparando para ser removida do campo de elétrons.

Homem desconhecido: - Acho que hoje eu que vou ficar com a placa senhores. Libertar esses monstros é uma jogada de mestre realmente, nós libertamos eles, eles matam humanos para nós e nós subornamos o Trem Bala do céu direto para nós, assim nós podemos ficar com todo poder e consequentemente acabar com vocês que exterminaram muitos de cada raça e os deixaram mofando no Limbo. Mas agora eles poderão voltar e nós também poderemos nos identificar na Terra, eu não gosto de pegar roupa emprestada dessa lavanderia imunda. [Fim do processo de remoção] Pois é agora eu vou me despedir, tenho um ritual para fazer.

Em seguida ele sai pela porta e some no ar enquanto os dois ouvem rugidos vindo de fora. O que será ?


Continua (eu acho)

_________________


Spoiler:
 



É meu fan ? Então use minha fanbar, se não for use também


Recomendo --> Regras, por favor leia

Infos, leia para ter uma noção do RPG
Crie sua ficha

Crie sua técnica

Mas é claro cheque a lista de armadura


Última edição por Teseu em Seg Fev 10, 2014 1:38 pm, editado 1 vez(es)
avatar
TeseuAnjo Lunar
Ver perfil do usuário http://cdznewomega.forumeiros.com
MensagemAssunto: Re: Saint Demon Seg Fev 10, 2014 1:36 pm

“Ela espiou pelo buraco da porta, visto que não tinha ninguém ela adentrou”
CAP 2: Avançando sem vida
Heitor: - Vamos lá John, esse lugar não me agrada

John e Heitor se desprendiam das cordas que estavam enfraquecidas sem a presença do Demônio, rugidos e tremores fortes indicavam que essa não era a Terra deles. Saindo da sala de onde estavam os dois encontram algo que realmente comprovava que pensavam: ” Havia sangue e gente morta por todo lado”. Era como o inferno na Terra, no entanto aquilo não chegava nem perto do verdadeiro inferno que se escondia no mundo espiritual. John e Heitor estavam em algo que os humanos nunca chegariam a ver.

John: – Deixa eu ver, aconteceu uma chacina por aqui há muito tempo atrás, estou surpreso que isso aqui não tenha se tornado um museu assombrado.

Heitor: – Não temos tempo para isso John precisamos nos apressar antes que aquele cara faça uma reviravolta no Limbo.

Heitor sintonizava sua mente com a de Samuel para chegarem o mais perto que puderem do garoto, após conseguir Heitor transporta ele e John para a igreja que era onde ele estava. Após chegar Heitor cai enfraquecido por ter que quebrar a barreira da igreja.

John: - Eu sai do Limbo ? Eu já não aguentava mais aquele cheiro de gente morta


Samuel: – Mas como vocês chegaram aqui ? – perguntava Samuel surpreso-

John: – O Heitor é médium mas só pode usar os poderes quando está no Limbo, é como uma maldição.

Samuel: – Vocês estavam no Limbo ? Como isso foi acontecer afinal ?

John: – Um demônio de poucos amigos pegou a placa e nos trancou lá. Ele era poderoso para ter nos trancado no Limbo.

Samuel: – Então como que vocês saíram do Limbo ?

John: – Heitor se conectou a você que provavelmente estaria na igreja. E Igreja corta o Limbo totalmente. Só que deixando de papo nos prepare uma poção para caçar as placas.

Samuel ia preparar uma opção para localizar as placas, enquanto isso Heitor se recuperava lentamente e John previa que teria de impedir os demônios sozinho. Samuel voltava para o quarto onde estava John e Samuel para avisar que o feitiço já estava pronto, para a surpresa de John a localização das placas era bem perto da igreja.

John: – Então quer dizer que o feitiço desse cara só funciona em solo sagrado ou tem algo aqui que faz o feitiço ser realizado ? Preciso ir conferir isto.

Samuel: – Hey John você não quer que eu vá com você ? Digo o Heitor está fraco e não poderá ajudar você e não é seguro ir sozinho.

John: – Você já fez o suficiente para ajudar, dessa parte cuido eu.

John pegava em seu carro os equipamentos necessários para acabar com o ritual: Sal grosso, erva do oriente, sua arma em forma de crucifixo, balas esculpidas do Selo de Salomão, um crucifixo e o terço sagrado. John após pegar o necessário parti a pé para o local e pensava em sua família e sua amada.

Chegando ao local John vê que uma enorme luz iluminava toda uma rua e aquilo não poderia ser um dos melhores sinais para ele. A luz saia de uma casa velha feita de madeira que existe naquela região sabe-se Deus desde quando. Sempre suspeitando daquela casa isso era mais um motivo para a prefeitura fazer uma breve demolição segundo John.

Ao se aproximar mais da casa o exorcista sentia que uma forte energia o empurrava para fora, não dava para saber o que fazia aquela energia ser tão grande, mas John tinha um palpite quanto a isso. Não daria para entrar sem ser notado pela porte da frente, ele teria que entrar por um lugar mais discreto. Procurou, procurou e procurou uma entrada por trás até que viu uma entrada para o sótão o que foi perfeito para um cara que nunca foi discreto na vida.

Ao adentrar a casa ele via que nada era muito normal por ali já que a luz cobria toda a casa. Mas era só uma luz e por isso John conseguia andar normalmente e encontrar uma escada, subindo ela e abrindo parte da porta dava para ver que era o mesmo homem da última vez, era preciso encontrar um jeito de enfraquece-lo desta vez e água benta era o único meio disponível no momento. Mas ele temia que não tivesse o tanto necessário para derrubá-lo.

Havia uma torneira no sótão e um balde, John só precisou encher o balde de água, molhar com o Terço Sagrado e fazer a reza para completar o ritual. Já era hora de partir ao ataque antes que fosse tarde demais para a humanidade. John abria a porta e correndo em direção ao homem, ele o molhava com toda água do balde e ainda atirava várias vezes contra ele. Sem efeito John se afastava enquanto o homem vinha em sua direção. Sem nem mesmo encostar em John o homem fazia o exorcista ser arremessado nas paredes como se fosse uma tortura.

Homem Desconhecido: - Então quer dizer que isso é o que tem de mais sofisticado na igreja ? nada mal só que eu não sou derrubado tão fácil ass...

O Homem ficava sem conseguir se mover mais. John cai ao chão e logo mostra a ele a bala esculpida com o Selo de Salomão. Isso era um dos selos mais poderosos que existia contra os seres do mal e impedia esses seres de se mexerem.

John: – Primeiro eu vou mandar você de volta pra casa e depois eu me viro com as placas.

Demônio: – Boa sorte na tentativa, eu vou adorar ver meus garotos andando por ai nesse mundo sujo.

John: “Regna terrae, cantate deo, psallite dominio…
Tribuite virtutem deo.
Exorcizamus te, omnis immundus spiritus, omnis satanica potestas, omnis incuriso infernalis adversarii, omnis legio, omnis congredatio et secta diabolica…
Ergo…
Perditionis venenum propinare. Vade, satana, inventor et magister omnis fallaciae. Hostis humanae salutis. Humiliare sub potenti manu dei. Contremisce et effuge. Invocato a nobis sancto et terribile nomine. Quem inferi tremunt…
Ab insidis diaboli, libera nos, domine. Ut ecclesiam tuam secura tibi facias, libertate servire, te rogamus, audi nos. Ut inimicos sanctae ecclesiae humiliare digneris, to rogamus audi…
Dominicos sanctae ecclesiae, terogamus audi nos, terribilis deus do sanctuario suo deus israhel. Lpse tribuite virtutem et fortitudinem plebi suae, benedictus deus, gloria patri…”


Após exorcizar ele, John ainda precisava interromper o feitiço das placas. As placas estavam alinhadas sobre um altar, sem saber o que estava fazendo John ainda sim precisa interromper o feitiço fazendo qualquer coisa e o mais provável para ele foi desalinhar as placa uma das outras, ao fazer isso uma forte explosão de luz acontecia e as placas desapareciam completamente.

John: [color=yellow] – Eu hein, sabe se lá Deus o que aconteceu mas eu não vou querer saber tão cedo.

Ao terminar o serviço John voltava para a igreja.

John: – Não sei mais do que adianta para mim ficar salvando o mundo sendo que me sinto tão morto. Sem nenhuma dúvida eu estou avançando sem vida.

_________________


Spoiler:
 



É meu fan ? Então use minha fanbar, se não for use também


Recomendo --> Regras, por favor leia

Infos, leia para ter uma noção do RPG
Crie sua ficha

Crie sua técnica

Mas é claro cheque a lista de armadura

Saint Demon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Tópicos similares

-
» Saint Seiya New Generations
» Saint Seiya RPG - Online Simulator [ Jogo Completo ! ]
» TUTORIAL COMO TRADUZIR O SAINT SEIYA ONLINE | 0. 0. 141 | Novo Vídeo
» Meu PC roda saint seiya online?
» Mugen Engine para criação de Games de Luta.(atualizado 01-02-2013)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
.:CDZNORPG:. :: Area Off :: Fanfics e Afins-